Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Britânico cria imagens de momentos e figuras históricas utilizando inteligência artificial

    Cineasta Duncan Thomsen utilizou o software de inteligência artificial "Midjourney" para criar as imagens ultrarrealistas

    Cleópatra por Duncan Thomsen
    Cleópatra por Duncan Thomsen Duncan Thomsen/Midjourney

    Leticia Pazerocolaboração para a CNN

    São Paulo

    O cineasta britânico de 53 anos Duncan Thomsen viralizou na internet nas últimas semanas após recriar momentos e figuras históricas com um software de inteligência artificial ultrarrealista.

    Jesus, Rainha Elizabeth I, Napoleão, Cleópatra e muitos outros representados por meio de um software chamado “Midjourney”, que é um serviço de inteligência artificial desenvolvido por um laboratório de pesquisa independente de São Francisco, na Califórnia, Estados Unidos.

    A plataforma gera imagens a partir de descrições em linguagem natural, chamadas de “prompts”, e os textos são enviados ao “Midjourney” através do Discord.

    Em entrevista à agência de notícias britânica SWNS, Thomsen contou que é preciso uma descrição muito detalhada das imagens e, por isso, o processo é demorado.

    “Você pode pedir que a IA seja historicamente precisa e então ela pode referir-se a qualquer coisa, em qualquer lugar. Essa é a beleza disso”, explicou ele.

    Ao norte-americano “The New York Post’, o cineasta falou sobre a possibilidade dessa inteligência artificial ser usada nas escolas em um futuro próximo, e como isso pode ajudar no ensinamento das crianças e jovens.

    “A tecnologia pode ser usada nas escolas como uma nova forma de ensinar e envolver as crianças com a história do mundo – é como viajar ao passado sem uma máquina do tempo”, disse ele.

    Nas imagens, o inglês usa a criatividade para representar como seria uma selfie de momentos históricos e muito famosos, como por exemplo a Santa Ceia, a Batalha de Waterloo, Cleópatra com seus súditos, e outros episódios.

    “Os resultados são hilários, e todos com quem compartilhei meu trabalho não conseguem acreditar como as fotos realmente parecem reais”, contou ele.