Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Entenda por que a França baniu as vendas do iPhone 12

    Órgão de fiscalização francês alega que celulares violam limites europeus de radiação; Apple contesta acusações

    Mathieu RosemainSilvia Aloisida Reuters

    Um órgão de fiscalização francês ordenou que a Apple pare de vender o iPhone 12, alegando violação dos limites europeus de exposição. A fabricante disse nesta quarta-feira (13) que o iPhone 12 foi certificado por várias agências internacionais como compatível com os padrões globais de radiação.

    A Agência Nacional de Frequências (ANFR) disse à Apple na terça-feira para interromper as vendas do iPhone 12 na França após testes que, segundo o órgão, mostraram que a Taxa de Absorção Específica (SAR) do telefone — uma medida de energia de radiofrequência emitida por um aparelho e absorvida pelo corpo — era mais alta do que o permitido legalmente.

    A ANFR disse que enviará agentes às lojas da Apple e a outros distribuidores para verificar se o modelo não está mais sendo vendido.

    A agência, que gerencia as frequências de rádio da França e testa periodicamente os telefones para verificar a exposição humana às ondas eletromagnéticas, disse que espera que a Apple “empregue todos os meios disponíveis para pôr fim à não conformidade”.

    A Apple disse que forneceu à ANFR vários resultados de laboratórios da empresa e de terceiros independentes que comprovam sua conformidade com todos os regulamentos e padrões SAR aplicáveis no mundo.

    A AFNR disse que os laboratórios credenciados constataram a absorção de energia eletromagnética pelo corpo em 5,74 watts por quilograma durante os testes que simularam o uso do telefone na mão ou no bolso da calça. O padrão europeu é uma taxa de absorção específica de 4,0 watts por quilo.

    A agência acrescentou que os testes mostraram que o telefone estava em conformidade com os chamados padrões SAR quando estava no bolso de uma jaqueta ou em uma bolsa.

    O secretário de economia digital da França, Jean-Noel Barrot, disse que uma atualização de software será suficiente para corrigir os problemas de radiação relacionados ao telefone que a empresa norte-americana vende desde 2020.

    “A expectativa é que a Apple responda dentro de duas semanas”, disse ele ao jornal Le Parisien em uma entrevista na noite de terça-feira, acrescentando: “Se eles não o fizerem, estou preparado para ordenar um recall de todos os iPhones 12 em circulação. A regra é a mesma para todos, inclusive para os gigantes digitais.

    O que é SAR?

    “Taxa de absorção específica” (do inglês Specific Absorption Rate, ou SAR) refere-se à dose de energia que o corpo absorve de qualquer fonte de radiação. É expresso em watts por quilograma de peso corporal.

    A radiação dos celulares é resultado da forma como funcionam, transmitindo ondas de radiofrequência, criando campos eletromagnéticos. Ao contrário da radiação dos raios X ou raios gama — causada pelo decaimento radioativo — os telefones não conseguem quebrar ligações químicas nem causar alterações nas células do corpo humano, um processo que pode, em última análise, causar danos como o câncer.

    *Com informações de Jennifer RigbyMartin Coulter, da Reuters