Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Índia tenta pousar módulo na Lua nesta quarta (23); saiba como assistir ao vivo

    País pode ser o quarto a completar a operação; em 2019, outra operação do tipo falhou e a espaçonave colidiu com o solo lunar

    Da CNN

    A Índia tenta completar o pouso suave do módulo lunar Chandrayaan-3 nesta quarta-feira (23). A Organização de Pesquisa Espacial (ISRO, na sigla em inglês) do país transmite ao vivo a partir de 08h50 (horário de Brasília) (veja abaixo).

    Se for bem-sucedida, esta missão marcará o primeiro pouso suave na superfície da Lua de uma espaçonave indiana e fará do país a quarta nação a realizar tal feito.

    Atualmente, os Estados Unidos, a China e a então União Soviética são as únicas nações que realizaram pousos controlados de espaçonaves no satélite natural.

    Espaçonave registra fotos da superfície lunar

    A ISRO marcou a véspera do pouso do Chandrayaan-3 compartilhando fotos e filmagens capturadas com câmeras na espaçonave.

    A agência confirmou nesta terça-feira (22) que a missão está dentro do cronograma e “a navegação suave continua”.

    Uma visão panorâmica da Lua foi tirada a cerca de 70 quilômetros acima da superfície lunar, retratando características como o Mare Marginis, uma grande mancha negra formada por antigos asteroides na borda extrema do lado claro da Lua.

    Outra imagem, tirada em 20 de agosto de um ponto de vista muito mais próximo enquanto a espaçonave passava, oferecia um retrato do terreno cinza empoeirado da Lua.

    Veículo lunar foi lançado em 14 de julho

    A espaçonave é capaz de orientar seu posicionamento combinando as imagens capturadas por suas câmeras com um mapa lunar programado em seu computador de bordo, de acordo com a agência espacial.

    Chandrayaan, que significa “veículo lunar” em sânscrito, foi lançado do Satish Dhawan Space Center, em Sriharikota, no estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, em 14 de julho. A espaçonave está fazendo uma abordagem lenta e metódica em direção à superfície lunar.

    A missão marca a segunda tentativa da Índia de completar um pouso suave na Lua. A primeira tentativa, em 2019, com o Chandrayaan-2, colidiu com a superfície lunar devido a problemas de software e dificuldades de frenagem na descida.

    Assista à transmissão da tentativa de pouso na Lua:

    *publicado por Tiago Tortella, da CNN

    *com informações de Jackie Wattles, da CNN