Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lançamento do Columbia, primeiro ônibus espacial da Nasa, completa 40 anos

    Nave deu início aos voos tripulados do programa do ônibus espacial dos EUA, encerrado em 2011 depois de 133 missões

    Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo

    Ouvir notícia

    Exatamente 40 anos atrás, uma nova era para os voos espaciais dos Estados Unidos começou quando, em 12 de abril de 1981, o ônibus espacial Columbia, ou STS-1, entrou em órbita do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, no primeiro voo tripulado do programa.

    A missão, que foi comandada por John Young – veterano dos voos espaciais, incluindo uma caminhada na lua, em 1972 –, teve ainda a participação de Robert Crippen, um ex-piloto de testes da Marinha dos EUA.

    Além de ser a primeira espaçonave reutilizável da mundo, o STS-1 também registrou outra marca histórica naquele dia: foi lançado exatamente 20 anos depois que o cosmonauta russo Yuri Gagarin se tornou o primeiro humano a orbitar a Terra em sua nave espacial Vostock I, em 12 de abril de 1961.

    O programa do ônibus espacial da Nasa continuou por pouco mais de 30 anos, com as naves Challenger, Endeavour, Discovery e Atlantis se juntando à frota. Juntos, os cinco orbitadores completaram 133 voos antes de serem aposentados em 2011.

    Usado pela Nasa ao longo de 22 anos, o Columbia completou 27 missões antes de se desintegrar durante a reentrada perto do final de sua 28ª missão, sob o codinome STS-107, em 1º de fevereiro de 2003, resultando na morte de todos os 7 membros da tripulação.

    Esse foi o segundo acidente fatal no programa de ônibus espacial da Nasa. Anos antes, em 1986, a nave Challenger explodir em pleno ar 73 segundos depois de seu lançamento, matando todos os 7 tripulantes.

    Mais Recentes da CNN