Número de EdTechs dobra no Brasil nos últimos três meses

A Google for Education atingiu a marca de 5 milhões de usuários no Brasil

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

EdTechs é o nome dado a startups que se utilizam da tecnologia como plataforma de ensino, e em época de isolamento social, as iniciativas de educação via internet se tornaram imprescindíveis para que milhões de estudantes no Brasil continuem seus estudos. Prova disso é que o número de EdTechs no Brasil dobrou nos últimos três meses, segundo dados da Associação Brasileira de Startups.

“A tecnologia rompe barreiras e propicia a alunos contato com amigos e professores mesmo a distância”, diz Miriam Rodrigues, especialista em ensino a distância. 

O aumento na demanda por este tipo de serviço fez com que o Brasil se tornasse um dos principais países da Google for Education, que agora conta com 5 milhões de usuários.

No total, 800 empreendedores usam a internet para oferecer cursos, como Marcos Fisbhen, CEO da Descomplica, que há nove anos investiu em uma EdTech. “Começamos com zero e hoje temos mais de 5 milhões de estudantes todos os meses, entre conteúdos pagos e grátis”, diz.

 

Mais Recentes da CNN