Quase 30 mil Macs podem ter sido infectados por malware misterioso

Segundo os especialistas, ainda não está claro qual é o objetivo do malware

Computadores da Apple, os Macs, foram infectados ao redor do mundo
Computadores da Apple, os Macs, foram infectados ao redor do mundo Foto: Reuters

Alexis Benveniste, da CNN

Ouvir notícia

Quase 30 mil computadores da Apple, os Macs, foram infectados ao redor do mundo com malware misterioso, segundo pesquisadores da empresa de segurança Red Canary.

O malware, que a empresa chama de Silver Sparrow, não “exibe os comportamentos esperados de um adware usual, que, muitas vezes, tem como alvo os sistemas macOS”, escreveu Tony Lambert, analista de inteligência da Red Canary.

Segundo os especialistas, ainda não está claro qual é o objetivo do malware. O Silver Sparrow inclui um mecanismo de autodestruição que parece não ter sido usado, disseram os pesquisadores. Também não está claro o que poderia acionar essa função.

O Silver Sparrow contém código para rodar no chip M1 interno da Apple, que foi lançado em novembro, o que o coloca na seleta categoria de malwares conhecidos por fazerem isso. De acordo com o site de notícias Ars Technica, é apenas o segundo capaz de acessar o novo chip da Apple.

“Embora ainda não tenhamos observado o Silver Sparrow entregando playloads maliciosos, sua compatibilidade com o chip M1, além do seu alcance global, taxa de infecção relativamente alta e maturidade operacional sugerem que o Silver Sparrow é uma ameaça razoavelmente séria”, escreveram os pesquisadores.

O malware infectou Macs em 153 países em 17 de fevereiro, principalmente nos EUA, Reino Unido, Canadá, França e Alemanha, de acordo com dados do Malwarebytes, um site que bloqueia ataques de ransomware.

Texto traduzido. Leia o original em inglês na CNN.

Mais Recentes da CNN