Rocha fica presa na roda de rover e Perseverance agora tem um amigo em Marte

Pedra se alojou em fevereiro e já percorreu mais de 8,5 quilômetros

Rover Mars Perseverance ganhou um novo companheiro de viagem quando uma pedra pulou em sua roda quatro meses atrás, enquanto explorava a Cratera Jezero.
Rover Mars Perseverance ganhou um novo companheiro de viagem quando uma pedra pulou em sua roda quatro meses atrás, enquanto explorava a Cratera Jezero. Nasa/JPL/Caltech

Megan Marplesda CNN

Ouvir notícia

O rover Perseverance fez amizade com uma pedra de estimação há cerca de quatro meses, e os dois são inseparáveis ​​desde então.

Uma pedra encontrou ficou presa na roda dianteira esquerda do rover no início de fevereiro, enquanto vagava pelo planeta vermelho, de acordo com a câmera de prevenção de perigo esquerda do Perseverance.

Em quatro meses, a rocha percorreu mais de 8,5 quilômetros pelo terreno acidentado. Ele se juntou à missão durante a campanha para explorar a Cratera Jezero, o local de um antigo lago e delta de rio, no qual os cientistas da Nasa pesquisaram rochas de uma formação que a equipe chama de “Máaz”.

A rocha acompanhou Perseverance para o norte até o local de desembarque de Octavia E. Butler antes de virar para o oeste para os restos de um delta que os cientistas chamam de “Kodiak”, depois para o delta ocidental de Jezero.

O foco atual do rover de Marte é perfurar núcleos e examinar as rochas sedimentares ao redor da área do delta. Essas rochas foram criadas há bilhões de anos, quando havia água na área, segundo Nasa.

Caindo na roda do rover, a pedra de estimação do Perseverance não está prejudicando as operações, e resta saber por quanto tempo o novo amigo do explorador robótico ficará por perto.

Se a pedra de estimação cair e se despedir do rover, ela estará longe de casa, cercado por pedras estranhas e desconhecidas.

Pedras de estimação do Spirit e Curiosity

O Perseverance não é o primeiro rover de Marte a adotar uma pedra de estimação.

O rover Spirit, que esteve ativo de 2004 a 2010, teve uma pedra do tamanho de uma batata alojada em sua roda traseira direita no início de sua jornada. A pedra parou a roda, então os cientistas da Nasa tiveram que desalojá-la.

O rover Curiosity não se opunha a pegar carona nas rochas e fez várias pedras passearem em sua roda dianteira direita por semanas a fio. O rover começou a percorrer o planeta vermelho em meados de 2012 e ainda está operando.

 

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN