Maior tela de LED do mundo e viagem ao futuro: como é uma experiência na Sphere Las Vegas

Arena futurista ficou pronta e foi inaugurada em grande estilo na sexta-feira (29) passada com show do U2

Sphere Las Vegas
Sphere Las Vegas Reprodução/Instragram

CNN Viagem & Gastronomia São Paulo

Durante anos, uma misteriosa estrutura esférica se erguendo no deserto podia ser vista no horizonte de Las Vegas. Agora, finalmente o público pode conhecer o lugar por dentro. A Sphere ficou pronta e inaugurada em grande estilo na sexta-feira (29) passada com show “U2:UV Achtung Baby”, do U2, o primeiro da banda em quatro anos.

A Sphere Las Vegas custou US$ 2,3 bilhões (R$ 11,5 bilhões) e foi anunciada pela Madison Square Garden Entertainment, dona do empreendimento, como o local de entretenimento do futuro e a maior estrutura esférica do mundo.

As apresentações do U2 no lugar vão até a próxima quarta-feira (11) e só restam ingressos para a própria segunda – nos valores de US$ 501,35 – o equivalente a R$ 2.542. Os shows dos irlandeses devem render uma arrecadação de US$ 270 milhões (cerca de R$ 1,35 bilhão).

Mas, para além da banda, o empreendimento criou a “The Sphere Experience”, uma viagem para o futuro da tecnologia. O público assistirá a um filme especialmente feito pelo diretor Darren Aronofsky, de produções como “Cisne Negro” e o recente “A Baleia”.

A produção, de nome “Postcard From Earth” ou em tradução para o português, “Cartão Postal da Terra”, é parte ficção científica, parte documentário sobre a natureza e o público vai mergulhar em todas as tecnologias experienciais da Sphere para se sentir como se estivesse em qualquer lugar, menos em Las Vegas.

As apresentações acontecem na próxima sexta-feira (6) e dias 9, 10 e 12 de outubro, com ingressos entre US$ 69 e US$ 199 (de aproximadamente R$ 350 a R$ 1 mil).

Brandon Griggs, editor da CNN Estados Unidos, esteve na Sphere para entender melhor e descrever a experiência no show do U2.

“Sphere faz jus ao hype? Os visuais internos são tão impressionantes quanto os externos? Seria o U2, a amada banda irlandesa que agora está no último estágio de sua carreira, a banda certa para batizar esta arena? Sim, sim e sim – com algumas ressalvas”, afirmou o jornalista.

Segundo Griggs, descrever a experiência do show foi um desafio “porque não há nada igual”. “O efeito é um pouco como estar em um planetário gigante ou em um teatro IMAX turbinado, dentro de uma nave espacial gigante”, disse Griggs.

Números da Sphere

  • 164 mil alto-falantes

  • 111,557 metros x 157.276 metros

  • A maior tela de LED de todos os tempos (48.768 metros quadrados)

Internamente, em seus 111,557 metros de altura, a Sphere poderia acomodar toda a Estátua da Liberdade, da base à tocha, ou quase três estátuas do Cristo Redentor, do Rio de Janeiro.

Na descrição de Griggs, a tela envolve o público e, dependendo da localização do seu assento, pode preencher todo o seu campo de visão.

“Sphere é uma aposta cara e resta saber se outros artistas conseguirão fazer uso tão criativo de seu espaço único. Mas o local teve um começo promissor. Se eles conseguirem continuar assim, poderemos estar testemunhando o futuro da performance ao vivo”, concluiu o editor.

(Com informações da CNN Estados Unidos)