Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Caio Junqueira

    Caio Junqueira

    Formado em Direito e Jornalismo, cobre política há 20 anos, 10 deles em Brasília cobrindo os 3 Poderes. Passou por Folha, Valor, Estadão e Crusoé

    Alckmin lidera comitiva de ministros em nova viagem à China

    Ele participará de reuniões da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação, colegiado pelo qual os dois países dialogam e que é liderado pelos vice-presidentes

    Alckmin lidera comitiva de ministros em nova viagem à China
    Alckmin lidera comitiva de ministros em nova viagem à China

    Pouco mais de um ano depois de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) liderar a sua mais significativa viagem ao exterior, para a China, o vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) deverá desembarcar no país acompanhado de ministros para uma série de agendas oficiais e empresariais.

    Estão previstas as presenças dos ministros:

    • Rui Costa (Casa Civil),
    • Simone Tebet (Planejamento),
    • Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário),
    • e Marcio França (Micro e Pequena Empresa).

    Também estão na lista a secretária-geral do Ministério das Relações Exteriores, Maria Laura da Rocha, e o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante.

    Na China, Alckmin participará de reuniões da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação, colegiado pelo qual os dois países dialogam e que é liderado pelos vice-presidentes.

    Alckmin se encontrará com seu similar chinês, mas aproveitará a viagem para participar de encontros com empresários chineses, especialmente do setor automotivo. No Brasil, ele comanda a retomada do setor no Brasil na condição de ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio.

    Os ministros que o acompanharão e deverão ter agendas próprias também. Paulo Teixeira, por exemplo, participará “de reuniões/seminário com representantes de governo, academia, organizações de agricultores familiares e setor privado (produtores de máquinas e equipamentos), com foco na mecanização sustentável da agricultura familiar de pequena escala”.

    Tebet deve tratar do Plano de Integração Sul-Americana, uma estrada que sai da costa brasileira banhada pelo Oceano Atlântico, atravessa o território nacional, passa pelo Paraguai, Argentina, e Chile até tocar o Pacífico. O projeto facilita exportações brasileiras para a China, principal parceiro comercial do Brasil.

    A viagem ocorrerá de 1º a 7 de junho e terá uma parada na Arábia Saudita, onde haverá reuniões com empresários locais. Uma comitiva de empresários brasileiros também integrará a comitiva brasileira.

    Em abril de 2023, Lula liderou uma comitiva a China e teve uma reunião com o presidente Xi Jinping.

    A China é o principal parceiro comercial do Brasil: 27% de tudo o que foi exportado pelo país no ano passado teve como destino o mercado da nação oriental.