Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Jussara Soares

    Jussara Soares

    Em Brasília desde 2018, está sempre de olho nos bastidores do poder. Em seus 20 anos de estrada, passou por O Globo, Estadão, Época, Veja SP e UOL

    Itamaraty presta assistência à brasileira estuprada por sete homens na Índia

    Governo brasileiro tem feito o atendimento de forma coordenada com a embaixada da Espanha porque a mulher tem dupla cidadania

    Itamaraty presta assistência à brasileira estuprada por sete homens na Índia
    Itamaraty presta assistência à brasileira estuprada por sete homens na Índia

    O Ministério das Relações Exteriores informou neste domingo (3) que a embaixada do Brasil em Nova Delhi, capital da Índia, acompanha e presta “toda a assistência consular cabível” à brasileira que foi estuprada por sete homens no estado de Jharkhand.

    Em nota, o Itamaraty afirmou que tem feito o atendimento de forma coordenada com a embaixada da Espanha, visto que a brasileira, casada com um espanhol, tem dupla cidadania.

    “Imediatamente após tomar conhecimento dos fatos, a embaixada do Brasil em Nova Delhi procurou contato com a cidadã brasileira e as autoridades locais. Paralelamente, diante da informação de dupla nacionalidade brasileira e espanhola, a embaixada do Brasil coordenou-se com a embaixada da Espanha, que informou estar prestando assistência consular às vítimas”, relatou.

    O Ministério das Relações Exteriores acrescentou ainda que, por meio da embaixada do Brasil em Nova Delhi, “seguirá acompanhando todos os desdobramentos do caso, em estreita coordenação com as autoridades da Espanha e da Índia.”

    Conforme informações do site The Print, a brasileira e seu companheiro, de origem espanhola, estavam atravessando o país de moto. O casal teria destino o Nepal, e parou na no distrito de Dumka para passar a noite de sexta-feira.

    Segundo informações da polícia, todos os envolvidos foram identificados e três já foram presos. Os suspeitos do crime são moradores do local.

    Em um vídeo postado nas redes sociais, o casal aparece com hematomas nos rostos e afirma que foi roubado pelo grupo.

    “Aconteceu algo conosco que nós não desejamos para ninguém. Sete homens me estupraram, eles nos bateram e nos roubaram, apesar de não levarem muitas coisas porque o que eles queriam era me estuprar. Estamos no hospital com a polícia. Isso aconteceu hoje à noite, aqui na Índia”, disse a brasileira.