São Paulo vai intensificar fiscalização em bares e restaurantes, diz secretário

Modonezi afirmou que ampliação dos horários de funcionamento irá evoluir conforme os números da Covid-19 se mostrarem mais estáveis na capital

Da CNN
10 de julho de 2020 às 16:05 | Atualizado 10 de julho de 2020 às 16:09

O secretário de Subprefeituras de São Paulo, Alexandre Modonezi falou à CNN, nesta sexta-feira (10), sobre a fiscalização em bares e restaurantes após a liberação das atividades para esses estabelecimentos na capital paulista.

De acordo com Modonezi, a fiscalização será intensificada a partir desta sexta e ao longo do final de semana. "A gente vai orientar. Temos sido muito felizes e temos muito a agradecer à população e aos empresários de São Paulo, que têm entendido a necessidade e a gravidade que a cidade e o país enfrentam", avaliou.

O secretário ainda informou que, até o momento, a cidade registrou poucos problemas com a reabertura desse setor, e reforçou que a quarentena continua na cidade. "A doença não acabou e precisamos que todos colaborem", frisou.

Leia também:

Tuma diz que ampliar horário de bares e restaurantes em SP evitaria aglomerações
Bares e restaurantes preferem não reabrir em São Paulo
SP tem reabertura tímida de restaurantes; Doria rejeita funcionamento à noite

Modonezi afirmou que a ampliação dos horários de funcionamento irá evoluir conforme os números da doença se mostrarem mais estáveis na capital. 

"Acho que o importante nisso é que estamos no início de um processo de retomada que tem sido vitorioso", classificou. "Desde que iniciamos, a cidade não aumentou a quantidade de pessoas internadas e caiu a ocupação nas UTIs. Temos que ter calma e avançar conscientes do que estamos fazendo", concluiu.

Na quinta-feira (10), o presidente da Câmara Municipal de São Paulo, vereador Eduardo Tuma (PSDB), defendeu que ampliar o horário de funcionamento de bares e restaurantes pode diluir a frequência nos estabelecimentos, o que poderia evitar aglomerações.