Preço médio do aluguel cai em julho; conheça os bairros mais caros por capital

São Paulo continua com o posto de capital mais cara para alugar um imóvel. Fortaleza, por outro lado, é a capital pesquisada com menor preço médio de locação

Leonardo Guimarães, do CNN Brasil Business, em São Paulo
20 de agosto de 2020 às 15:43 | Atualizado 20 de agosto de 2020 às 17:32
Vista aérea de São Paulo: alugar um imóvel na capital paulista custa, em média, R$ 40,90 por metro quadrado
Foto: Unsplash/Lucas Marcomini

Alugar um imóvel ficou mais barato em julho. É o que mostra o índice FipeZap de Locação Residencial, que recuou 0,4% e se descolou da inflação (+0,36%) e da “inflação do aluguel”, o IGP-M/FGV, que subiu 2,23% no período. É a segunda queda seguida do índice, que já havia recuado 0,13% em junho. 

Com isso, o preço médio da locação residencial nas 25 cidades monitoradas pela pesquisa chegou a R$ 30,61/m². Entre as 11 capitais monitoradas, São Paulo se manteve com o preço médio de aluguel mais elevado – R$ 40,90/m², seguida por seguida pelos valores médios registrados em Brasília (R$ 32,21/m²), Recife (R$ 30,59/m²) e Rio de Janeiro (R$ 30,58/m²).

Leia também:
Vendas de imóveis residenciais novos em São Paulo crescem 24% em junho
Startup QuintoAndar cobre R$ 50 milhões em atrasos de aluguel na pandemia
A Creditas quer reformar, comprar ou vender o seu imóvel (e lucrar com isso)

Já entre as capitais com menor valor de locação residencial no mês de maio, destacaram-se: Fortaleza (R$ 17,33/m²), Goiânia (R$ 17,71/m²), Curitiba (R$ 21,07/m²) e Belo Horizonte (R$ 23,79/m²).

Para Eduardo Zilberstein, coordenador do Índice FipeZap, a reversão da tendência de aceleração nos preços de locação, observada antes da pandemia, está ligada ao choque no mercado provocado pela pandemia de Covid-19.

"Com a adoção do isolamento social nas grandes cidades brasileiras e o desemprego, houve diminuição (possivelmente temporária) na demanda; ao mesmo tempo, os proprietários podem ter tido maior receio com a vacância dos imóveis e inadimplência e, com isso, se mostraram mais flexíveis com os preços pedidos", afirma Zilberstein

O bairro mais caro do Brasil para alugar um imóvel é a Vila Olímpia, em São Paulo. Por lá, o aluguel custa, média, R$ 79,17 por metro quadrado. O ranking dos três metros quadrados mais caros do Brasil tem outros dois bairros paulistanos: a Vila Nova Conceição (R$74,74) e a Berrini (R$ 74,21). 

Já na capital mais barata para os aluguéis, Fortaleza, o bairro com maior valor por metro quadrado é Mucuripe, com R$ 24,18. A diferença para o metro quadrado mais caro de São Paulo é de R$ 54,99.

Confira a lista dos bairros mais caros de cada capital pesquisada: 

Em julho, a baixa do índice foi influenciada por quedas em seis capitais: Curitiba (-1,55%), Florianópolis (-1,47%), São Paulo (-0,88%), Rio de Janeiro (-0,66%), Porto Alegre (-0,52%), Recife (-0,40%). 

Já entre as capitais que apresentaram elevação no preço médio, estão Goiânia (+1,59%), Salvador (+0,71%), Belo Horizonte (+0,40%), Fortaleza (+0,39%) e Brasília (+0,20%).

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook