Bezos, Gates, Zuckerberg e Musk perdem US$ 24,6 bilhões em um dia


Do CNN Brasil Business, em São Paulo
04 de setembro de 2020 às 16:06 | Atualizado 04 de setembro de 2020 às 16:48
Jeff Bezos

O CEO e fundador da Amazon, Jeff Bezos

Foto: Alex Wong/Getty Images

Os quatro homens mais ricos do mundo – não por acaso, os donos de quatro das maiores empresas de tecnologia globais – perderam juntos um total de US$ 24,6 bilhões de suas fortunas em um único dia, nesta quinta-feira (3), quando as bolsas norte-americanas despencaram, puxadas por uma forte correção no preço das ações do setor tecnológico.

É o que mostra o ranking das maiores fortunas da Bloomberg, liderado por Jeff Bezos, dono da Amazon; Bill Gates, da Microsoft; Mark Zukerberg, do Facebook, e Elon Musk, fundador da Tesla. 

Leia também: 
Jeff Bezos, da Amazon, se torna o primeiro a ter uma fortuna de US$ 200 bilhões
MacKenzie Scott se torna a mulher mais rica do mundo – uma fortuna de US$ 68 bi

Bezos, sozinho, perdeu US$ 9 bilhões no dia. Bill Gates perdeu outros US$ 2,9 bilhões, Zuckerberg viu evaporarem US$ 4,2 bilhões de sua fortuna e, para Elon Musk, US$ 8,5 bilhões viraram pó. 

A variação está diretamente relacionada ao valor de mercado na bolsa de valores do principal patrimônio de cada um deles: a participação em suas empresas. Juntos, entretanto, eles ainda possuem uma fortuna somada de R$ 528,2 bilhões.

Consideradas as fortunas das 10 pessoas mais ricas do mundo, as perdas do dia chegaram a US$ 38,6 bilhões, ainda de acordo com o ranking. É uma lista que inclui também o mega-investidor Warren Buffett, na sexta colocação, e o fundador do Google, Larry Page, na nona. 

Na semana passada, Jeff Bezos se tornou a primeira pessoa do mundo a possuir um patrimônio de US$ 200 bilhões, seguindo a valorização recorde que sua Amazon e as empresas de tecnologia como um todo viram acontecer em meio à pandemia de coronavírus.

Com a leva de correções dos últimos dias, ele volta a perder esse posto: ao fim da última quinta-feira, seu patrimônio estava em US$ 198 bilhões, de acordo com a Bloomberg. 

Nesta sexta-feira, as perdas dos bilionários empresários seguiram se acentuando. Por volta das 14h40, a Nasdaq, bolsa dos Estados Unidos que reúne as empresas de tecnologia, perdia 2,8%. O ranking da Bloomberg, entretanto, ainda não tinha sido atualizado.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook