‘A ver’, afirma Guedes sobre acordo de recuperação fiscal do Rio de Janeiro


Basília Rodrigues
Por Basília Rodrigues, CNN  
08 de setembro de 2020 às 09:01
O ministro da Economia, Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes

Foto: Adriano Machado/Reuters (11.ago.2020)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, tem elogiado a conversa com o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmam auxiliares do ministro. Eles estiveram juntos na semana passada, em Brasília, em uma reunião intermediada pelo senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro. Para Guedes, foi bom "para um primeiro encontro".

Quando perguntado se concederá o que o estado quer, a prorrogação do regime fiscal, o ministro responde, no entanto, com um "a ver". Se Castro tem mais chances do que o governador afastado Wilson Witzel de estender o acordo, o ministro repete um "a ver".

Leia também:
Governador interino do RJ volta a Brasília e planeja mudanças na próxima semana
Em reunião fora da agenda, Maia promete ajudar governador interino do Rio

Apesar do tom monossilábico, Guedes liberou a equipe para ter novos encontros com o governador exercício.

O ministério da Economia vai examinar os documentos exigidos pelo Tribunal de Contas da União e entregues pelo Rio de Janeiro para saber se estende o regime de recuperação fiscal. Não há prazo para isso. Haverá análise da Secretaria de Tesouro Nacional. Mas quem decide é o presidente da República.