Petrobras: oferta de troca de títulos ultrapassa US$ 4 bilhões


Luciano Costa, da Reuters
16 de setembro de 2020 às 10:16
Petrobras; Refinaria

Petrobras: a operação não impacta o perfil de endividamento da companhia

Foto: Reuters/Diego Vara

A Petrobras informou que uma oferta de troca de títulos não registrados por outros registrados na reguladora norte-americana SEC realizada por sua subsidiária integral Petrobras Global Finance foi aceita por detentores de US$ 4,037 bilhões em títulos. O rendimento dos Global Notes com vencimento em 2030 é de 5,093%.

A troca será feita por títulos com termos e condições idênticos ao previsto na oferta dos antigos, disse a estatal em comunicado na noite de terça-feira. A liquidação da operação será realizada em 17 de setembro de 2020.

Leia também:
Ouro Preto tem aval do Cade para comprar fatia da Petrobras em campos no RN
Petrobras revisa portfólio de exploração e produção com efeitos da pandemia

A operação não impacta o perfil de endividamento da companhia, acrescentou a Petrobras.

Venda de fatia na Colômbia

A Petrobras avançou em processo para venda de sua participação em porção exploratória do Bloco Tayrona, na Bacia de Guajira, na Colômbia, e agora buscará receber ofertas vinculantes de eventuais interessados pelo ativo.

Em comunicado na noite de terça-feira, a estatal disse que potenciais compradores habilitados receberão cartas-convite com instruções sobre o desinvestimento, incluindo orientações para realização de due diligence e envio de propostas firmes.

O Bloco Tayrona está localizado no litoral nordeste da Colômbia, em águas profundas, e a Petrobras é operadora da área, com 44,44% de participação na concessão por meio da sua afiliada Petrobras International Braspetro.

A empresa atua no bloco em consórcio com colombiana Ecopetrol, que detém os demais 55,56% do ativo.

A concessão encontra-se em fase conhecida como Programa Exploratório Posterior 1, com compromisso exploratório remanescente de perfuração de um poço, e segundo a Petrobras há "potencial para comprovar volumes significativos de gás (world class prospects)" na área.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook