Auxílio emergencial equivale a US$ 1 mil? Veja se Bolsonaro acertou nas contas

Presidente disse, durante discurso na ONU, que o repasse de cinco parcelas de R$ 600 e de três de R$ 300 equivale a US$ 1 mil. Confira os cálculos

Natália Flach, do CNN Brasil Business
22 de setembro de 2020 às 11:52 | Atualizado 22 de setembro de 2020 às 17:54

Quem acompanhou o discurso do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) saiu correndo pegar uma calculadora — se não conseguiu fazer a conta de cabeça, é claro. É que Bolsonaro disse que o programa do auxílio emergencial distribuiu cerca de US$ 1 mil a 65 milhões pessoas. Mas é isso mesmo? Vamos aos cálculos.

Levando em consideração uma pessoa que recebeu cinco parcelas de R$ 600 (e não R$ 1,2 mil) na primeira etapa do benefício, ela ganhou R$ 3 mil. Se ela for beneficiada com as quatro parcelas seguintes de R$ 300, receberá outros R$ 1,2 mil. Logo, trata-se de um montante de R$ 4,2 mil.

Leia também:
Discurso do Bolsonaro na ONU: veja o que o presidente falou sobre a economia
Conheça as palavras mais citadas por Bolsonaro em discurso na ONU
Fim do auxílio emergencial pode desacelerar retomada econômica, avalia Copom

Com a cotação atual do dólar, de cerca de R$ 5,40, esse valor equivale a US$ 777,78. 

Já levando em consideração o caso de uma mãe chefe de família monoparental, ela recebeu cinco parcelas de R$ 1,2 mil, totalizando R$ 6 mil. Se receber as quatro próximas parcelas seguintes de R$ 600, terá mais R$ 2,4 mil. A soma chega a R$ 8,4 mil.

Logo, em dólares, esse total equivale a US$ 1.555,56.

É bom lembrar que, nos Estados Unidos, o programa de transferência de renda foi de US$ 1,2 mil (mais de R$ 6 mil) a cidadãos com renda anual de até US$ 75 mil. Quem recebe mais do que este valor e menos de US$ 99 mil por ano ganhou um benefício proporcionalmente menor.

O pagamento foi feito uma única vez. Diferentemente do Brasil em que a Caixa faz os repasses por ciclos, de acordo com o mês aniversário do beneficiário.

Por curiosidade, e o salário mínimo? Os R$ 998 pagos mensalmente a inúmeros brasileiros equivalem a US$ 184,81. Já nos Estados Unidos, o cálculo é por hora.

Segundo o Departamento de Trabalho americano, o valor mínimo é de US$ 7,25. Logo, levando-se em consideração oito horas de trabalho remuneradas por dia, cinco vezes na semana (em um mês de quatro semanas), o total chega a US$ 1.160.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook