Pix já soma quase 32 milhões de cadastros em menos de 10 dias


Anna Russi, do CNN Brasil Business, em Brasília
14 de outubro de 2020 às 15:18 | Atualizado 15 de outubro de 2020 às 07:53

Pouco depois de uma semana após o início dos cadastros das chaves, o novo sistema de pagamento instantâneo, o Pix, já soma quase 32 milhões de registros. A informação é da assessoria de imprensa do Banco Central. 

Os cadastros começaram no dia 5 de outubro mas foram interrompidos durante o fim de semana e o feriado do dia 12, sendo retomados apenas na terça (13), quando chegou a marca dos 30 milhões. 

Apesar de começar a operar em fase de teste no dia 3 de novembro para alguns clientes, o PIX só estará efetivamente disponível para todos os cadastrados a partir de 16 de novembro. 

Leia também:
Saiba tudo sobre o Pix, sistema que vai acabar com TED e DOC
Visa mira Pix para ampliar negócios fora de cartões no Brasil
Golpistas usam Pix para roubar dados pessoais; veja como se proteger

QR Code será usado em nova modalidade de pagamento eletrônico, o PIX

QR Code será usado em nova modalidade de pagamento eletrônico, o PIX (6.set.2020)

Foto: CNN Brasil

O Pix chega como alternativa para agilizar e melhorar as operações financeiras e transações bancárias, como a TED e o DOC que custam em média R$ 10,08, segundo o BC e, gradualmente, devem ser substituídas pelo novo sistema. 

Com o Pix, cada instituição terá liberdade para definir os preços das transações, mas as taxas devem ser muito menores para empresas.

Já as pessoas físicas serão isentas de qualquer taxa nas operações de compra e transferência, com exceção dos casos de recebimento de vendas de produtos e de serviços, que poderão ser tarifadas.

Além do menor custo, os consumidores poderão escanear um QR Code do varejista para realizar o pagamento desejado. Outra diferença é que, com o Pix, o valor cairá para o recebedor em poucos segundos.

O sistema vai funcionar 24 horas por dia, sete dias por semana - inclusive em feriados, diferente de hoje em que as transferências só podem ser realizadas em dias úteis e são limitados ao horário de 10h às 17h.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook