PIB da China cresce 4,9% no 3º trimestre e mantém recuperação

Índice registra crescimento em comparação ao mesmo trimestre no ano anterior. Nos primeiros nove meses deste ano, a economia chinesa cresceu 0,7% no acumulado

Por Laura He, do CNN Business
19 de outubro de 2020 às 01:43 | Atualizado 19 de outubro de 2020 às 01:46
Funcionários de uma fábrica durante o expediente em Nantong, na China (16.mar.2020)
Foto: China Daily/Reuters

A economia da China segue um sólido movimento de recuperação enquanto o país e o planeta tentam deixar para trás a turbulência causada pela pandemia do novo coronavírus.

A segunda maior economia do mundo cresceu 4,9% no terceiro trimestre (de julho a setembro) em comparação com o ano anterior, de acordo com estatísticas do governo divulgadas nesta segunda-feira (19).

Leia também:
Só dois entre 48 países viram o PIB crescer no segundo tri de 2020

O ritmo foi mais rápido do que o aumento de 3,2% registrado no segundo trimestre, quando o país conseguiu evitar a recessão que atingiu o resto do mundo. O crescimento, porém, também foi um pouco mais fraco do que o esperado: analistas ouvidos pela Refinitiv previram que a economia da China cresceria 5,2% no terceiro trimestre.

"A economia da China continuou sua rápida recuperação no último trimestre, com a recuperação se ampliando e se tornando menos dependente de estímulos liderados por investimentos", escreveu Julian Evans-Pritchard, economista sênior da Capital Economics, em nota de pesquisa.

Como grande parte do mundo continua a lutar contra o vírus, a recuperação da China tem sido relativamente rápida. O país impôs restrições rígidas e políticas de rastreamento populacional destinadas a conter o vírus, e reservou centenas de bilhões de dólares para grandes projetos de infraestrutura para alimentar o crescimento econômico. A economia cresceu 0,7% acumulado nos primeiros nove meses deste ano.

"Além do mais, os dados mensais mostram que o crescimento ainda está acelerando no quarto trimestre", acrescentou Evans-Pritchard.