Crédito cresce 2,1% em setembro puxado por empresas, diz Febraban

Enquanto os empréstimos para empresas tiveram alta de 3,1% no mês, os empréstimos para pessoas físicas aumentaram 1,4%, disse a Febraban

Da Reuters
23 de outubro de 2020 às 11:18
Dinheiro, cartões de crédito e cheque (04.07.2013)
Foto: Marcos Santos/USP Imagens (04.07.2013)

Os empréstimos bancários no Brasil cresceram 2,1% em setembro em relação ao mês anterior, impulsionados pelo crédito a empresas, de acordo com uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Leia também:
Black Friday 2020: veja o que os brasileiros mais querem comprar na data
Prévia da inflação: IPCA-15 acelera a 0,94%, maior alta para outubro desde 1995

Enquanto os empréstimos para empresas tiveram alta de 3,1% no mês, os empréstimos para pessoas físicas aumentaram 1,4%, disse a Febraban. Em 12 meses, os empréstimos bancários no Brasil cresceram 13,3%, 1,2 ponto percentual acima de agosto.

A Febraban disse que as linhas de crédito lançadas pelo governo brasileiro para ajudar as pequenas empresas a superar a crise desencadeada pela pandemia de Covid-19 tiveram um papel relevante no crescimento do estoque de crédito.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook