Bolsas asiáticas têm dia de queda; China se descola com resultados de consumo

Liderando os ganhos, o índice de consumo do CSI300 fechou em alta de 2,2%, enquanto o de consumo discricionário avançou 2,9%

Da Reuters
29 de outubro de 2020 às 07:49
Fora da China, mercados operaram em queda nesta quinta (29)
Foto: Tyrone Siu/Reuters

Se descolando do mercado internacional, os índices da China reverteram perdas anteriores e fecharam em alta nesta quinta-feira (29), sustentados pelo setor de consumo após divulgação de resultados robustos para o terceiro trimestre de grandes empresas.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,75%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,11%. Já o índice de start-ups ChiNext ganhou 1,1%, enquanto o STAR50 subiu 0,4%.

Leia também:
Segunda onda e temores políticos provocam banho de sangue no mercado global
Mesmo com pressão nos mercados, BC indica continuidade de juros baixos em 2021

Liderando os ganhos, o índice de consumo do CSI300 fechou em alta de 2,2%, enquanto o de consumo discricionário avançou 2,9%.

A fabricante de bebidas Luzhou Laojiao atingiu máxima recorde após resultado favorável e a Hangzhou Robam Appliances saltou o limite diário de 10% após sólido crescimento do lucro no terceiro trimestre.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,37%, a 23.331 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,49%, a 24.586 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,11%, a 3.272 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,75%, a 4.772 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,79%, a 2.326 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 1,02%, a 12.662 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 1,32%, a 2.450 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 1,61%, a 5.960 pontos.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook