ByteDance recebe mais 15 dias para vender ativos do TikTok nos EUA

O aplicativo agora tem até 27 de novembro para alcançar um acordo

David Shepardson, da Reuters
13 de novembro de 2020 às 15:59
 
Foto: Florence Lo/Reuters


O governo do presidente Donald Trump concedeu à chinesa ByteDance mais 15 dias no prazo para vender ativos norte-americanos do aplicativo TikTok, informou a empresa nesta sexta-feira. O prazo da ordem anterior venceu na quinta-feira.

O TikTok afirmou que agora tem até 27 de novembro para alcançar um acordo. A ByteDance tem mantido negociações para um acordo com o Walmart e a Oracle para transferir os ativos norte-americanos do TikTok para uma nova empresa.

Leia também:
Ameaçado pelo TikTok, Instagram anuncia mudanças no aplicativo
Acabou o prazo que Trump deu ao TikTok: e ninguém sabe mais o que vai acontecer

Na terça-feira (10), o TikTok entrou na Justiça para deter a decisão do governo. 

“Nos quase dois meses desde que o presidente deu sua aprovação preliminar à nossa proposta para satisfazer essas preocupações, oferecemos soluções detalhadas para finalizar esse acordo”, escreveu a TikTok em um comunicado na terça-feira à noite.

A incerteza criou novas questões sobre as intenções do governo em relação ao TikTok, um dos serviços de mídia social de crescimento mais rápido do mundo, com 100 milhões de usuários apenas nos Estados Unidos.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook