Magalu vende 16 mil livros de autores negros com 100% de cashback


Natália Flach, do CNN Brasil Business, em São Paulo
21 de novembro de 2020 às 14:55 | Atualizado 21 de novembro de 2020 às 14:56
Negro livro
Foto: Tamarcus Brown/Unsplash


O Magazine Luiza (confira aqui a cotação MGLU3) vendeu 16 mil livros de autores negros, em uma iniciativa para celebrar o Dia da Consciência Negra (20). Quem comprou pelo Super Aplicativo ganhou 100% de cashback (ou estorno do dinheiro) e frete gratuito para todo o Brasil.

Dentre os 50 títulos de 32 escritores que fazem parte da iniciativa, o mais vendido foi o Pequeno Manual Antirracista, da filósofa Djamila Ribeiro. A obra trata sobre racismo, branquitude, violência racial e cultura. Já Amoras, do rapper Emicida, foi o segundo mais vendido.

Leia também:
Google anuncia aporte para seis startups de empreendedores negros no Brasil
Carrefour promete doar todo o faturamento de hoje para projetos antirracistas

O objetivo da ação foi dar visibilidade à vasta produção de autores negros nacionais. 

Outros escritores renomados que integraram a lista foram Lélia Gonzalez (Por um Feminismo Afro-latino-americano), Gilberto Gil (Todas as Letras) e Luana Génot (Sim à Igualdade Racial).

Vale destacar que os benefícios são válidos apenas para as obras selecionadas. A compra foi limitada a um exemplar do mesmo livro. 

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook