Companhias aéreas vão perder US$ 157 bi até 2021, diz associação do setor

Segundo a Associação Internacional das Companhias Aéreas as perdas entre 2020 e 2021 serão ainda maiores que o projetado no meio deste ano

Da CNN, em São Paulo
24 de novembro de 2020 às 23:28 | Atualizado 24 de novembro de 2020 às 23:28

O setor aéreo foi um dos mais impactados pela pandemia, e segundo a Associação Internacional das Companhias Aéreas, as perdas entre 2020 e 2021 serão ainda maiores que o projetado no meio deste ano.

Em junho, a previsão era de que o setor iria perder cerca de US$ 100 bilhões entre este ano e o próximo, mas o número foi revisto por conta da segunda onda de casos no mundo, que atinge mercados importantes como a Europa. Agora, os prejuízos são calculados em US$ 157 bilhões até 2021.

Leia também

Companhias aéreas e aeroportos se adaptam aos novos protocolos de higiene

Mãe e filha pilotos abrem caminho para mulheres aviadoras

A linha aérea de mentira que atraiu milhares de reservas

Aviões Delta Airlines
Foto: Reuters/Elijah Nouvelage

(Publicado por Sinara Peixoto)