Petrobras diz que Starboard fez maior oferta por campo de Papa-Terra

O processo de desinvestimento no campo, no qual a Petrobras é operadora com 62,5% de participação, foi iniciado em fevereiro.

Da Reuters
25 de novembro de 2020 às 09:27
Funcionários na plataforma P-50, da Petrobras, na Bacia de Campos (21/04/2006)
Foto: REUTERS/Bruno Domingos

A Petrobras informou na noite de terça-feira (24) que a Starboard Asset Ltda, gestora de fundos que possuem participação relevante na 3R OG Petroleum, fez a maior oferta pelo campo de Papa-Terra, na Bacia de Campos.

Segundo a empresa, o valor ofertado pela Starboard é de aproximadamente US$ 90 milhões, considerando pagamentos firmes e contingentes, e não há prazo para o término das negociações.

Leia também:
Wall Street está acordando para os efeitos da crise climática
Até R$ 3 bi por mês: Petrobras lança programa para apoiar fornecedores

"O início das negociações com o participante que apresentou a melhor proposta é um desdobramento esperado nos projetos de desinvestimento, não havendo previsão de divulgação ao mercado, de acordo com a Sistemática de Desinvestimentos", disse a Petrobras.

A assinatura dos contratos referentes a este desinvestimento está sujeita ao sucesso das negociações e à obtenção das aprovações corporativas necessárias.

"Desta forma, não é possível antecipar neste momento se a operação será concluída e, caso seja, qual será o valor final a ser pago", acrescentou.

O campo de Papa-Terra faz parte da concessão BC-20 e está localizado em lâmina d'água de 1.200 metros. Ele está em operação desde 2013, com produção média de óleo e gás em 2019 de 17,3 mil barris óleo equivalente/dia (boe/dia).

O processo de desinvestimento no campo, no qual a Petrobras é operadora com 62,5% de participação, foi iniciado em fevereiro.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook