Gastos sincronizados em infraestrutura pelo G20 podem impulsionar PIB global

O investimento sincronizado poderia aumentar a produção global em quase 2% até 2025

Andrea Shalal, da Reuters
15 de dezembro de 2020 às 12:52
Cúpula dos líderes do G20 em Osaka, Japão, em 2019
Foto: Alan Santos/PR (29.jun.2019)

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima que o investimento sincronizado em infraestrutura pelo Grupo dos 20 poderia aumentar a produção global em quase 2% até 2025, disse uma autoridade sênior do FMI nesta terça-feira.

Leia também:
Acordo de Paris é requisito para pacto Mercosul-UE, diz Comissão Europeia
Produção da safra atual de cana-de-açúcar deve crescer 3,5%, diz Conab

A vice-diretora-gerente do Fundo, Antoinette Sayeh, disse ao Fórum de Investimentos de Roma que a economia global começou a sair das profundezas da crise da Covid-19, mas o ressurgimento das infecções está atrasando a recuperação e retrocessos são possíveis.

Ela disse que é vital controlar a crise de saúde por meio de investimentos internacionais em vacinas, continuar o apoio fiscal para evitar falências em cascata e aumentar o investimento em infraestrutura verde e digital.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook