Voo 'volta no tempo' e permite comemorar a chegada de 2021 duas vezes

Esse fenômeno ocorre com uma grande variedade de voos entre a Ásia e a América

Vinícius Casagrande, colaboração para o CNN Brasil Business, em São Paulo
27 de dezembro de 2020 às 05:00
Rota de voo de Guam a Honolulu
Foto: Reprodução

Depois de um 2020 marcado por tantos problemas, a expectativa pela chegada de 2021 é cada vez mais alta. Algumas pessoas mais empolgadas poderão comemorar o fim de 2020 e a chegada de 2021 duas vezes.

É que alguns voos comerciais literalmente voltam no tempo. Esse fenômeno ocorre com uma grande variedade de voos entre a Ásia e a América. Para voltar um dia no calendário, no entanto, é necessário que o avião decole ainda nas primeiras horas. 

Leia também:

Classe premium economy no avião: saiba o que é, quanto custa e se vale a pena
Sala VIP não é só para quem viaja em executiva. Veja como ter acesso

Eles decolam já nos primeiros minutos ou horas do dia, e pousam no dia anterior ao da partida. Esses voos cruzam a linha internacional de mudança de data, partindo do extremo leste em direção ao extremo oeste do planeta.

Apesar da empolgação em comemorar a chegada de 2021 duas vezes, esses passageiros provavelmente não vão encontrar muitas festas, já que as celebrações em todo o mundo têm sido canceladas para evitar aglomerações e reduzir o risco de contágio. 

Nesse ano, a opção de comemorar o ano novo duas vezes também está menor. Algumas alternativas de voos para voltar no tempo foram suspensas por causa da baixa demanda, como a rota entre Auckland (Nova Zelândia) e Rarotonga (Ilhas Cook), além de alguns voos da Ásia para Los Angeles (EUA). 

Guam a Honolulu

Uma opção para voltar no tempo é o voo entre Guam e Honolulu da companhia aérea norte-americana United Airlines. O Boeing 777 está previsto para decolar do território insular dos Estados Unidos na Micronésia às 8h05 do dia 1º de janeiro de 2021. 

Depois de mais de sete horas de voo, quando pousar no aeroporto internacional de Honolulu ainda serão 19h20 do dia 31 de dezembro de 2020, a tempo de celebrar pela segunda vez a chegada de 2021.

O preço da passagem entre Guam e Honolulu para uma viagem só de ida no dia 1º de janeiro custa US$ 1.140 (cerca de R$ 5.800) em classe econômica.

Outros voos foram suspensos

Em alguns dias da semana, o voo da Cathay Pacific de Hong Kong a Los Angeles (EUA) também volta um dia no calendário. O Airbus A350 decola às 0h15 e, depois de mais de 12 horas de voo, o avião pousa às 20h40 do dia anterior. 

No dia 1º de janeiro, porém, o voo está previsto para decolar às 16h40, com a chegada prevista para as 13h05 do mesmo dia. Apesar de voltar mais de três horas no tempo, nesse caso não será possível celebrar duas vezes a chegada de 2021.

Outra opção famosa por voltar no tempo é a rota entre Auckland (Nova Zelândia) e Rarotonga (Ilhas Cook). A rota costumava ser operada pelas companhias aéreas Air New Zealand e Virgin Australia, mas os voos estão temporariamente suspensos. 

No caso da Air New Zealand, costumava decolar às 8h55 e chegar a Rarotonga às 13h45 do dia anterior. Na Virgin Australia, o avião partia da Nova Zelândia às 16h45 e chegava às Ilhas Cook às 21h40, também do dia anterior.