Decreto de Trump bane transações com aplicativos chineses, incluindo Alipay

A medida visa reduzir a ameaça aos americanos representada por aplicativos de software chineses

Reuters
06 de janeiro de 2021 às 07:26
O republicano Donald Trump
O republicano Donald Trump
Foto: Carlos Barria - 05.nov.2020 / Reuters

O presidente dos EUA, Donald Trump, assinou na terça-feira (5), uma ordem executiva proibindo transações com oito aplicativos de software chineses, incluindo o Alipay do Ant Group, disse um alto funcionário do governo, aumentando as tensões com Pequim antes do presidente eleito Joe Biden assumir o cargo.

A decisão atribui ao Departamento de Comércio a definição de quais transações serão proibidas de acordo com a diretiva e tem como alvo o QQ Wallet da Tencent e o aplicativo de pagamentos do WeChat. A medida visa reduzir a ameaça aos americanos representada por aplicativos de software chineses, que têm grandes bases de usuários e acesso a dados confidenciais, disse a pessoa.

Leia também:
Conheça a mulher que assumiu o TikTok antes da "guerra" com Trump
Amazon compra 11 aviões para fazer entregas mais rápidas