Investimentos em ações do exterior crescem 800% e batem R$ 274 mi em dezembro

A montadora Tesla, de Elon Musk, lidera o ranking com média de R$ 10,2 milhões em operações por dia. Na sequência, aparecem o Mercado Livre e a Apple

Wesley Santana, colaboração para CNN Brasil Business
08 de janeiro de 2021 às 15:00 | Atualizado 08 de janeiro de 2021 às 15:08
Bolsa de Valores
Bolsa de Valores, Ações, Investimentos
Foto: Vecteezy


Desde outubro, pequenos investidores podem investir em recibos de ações estrangeiras (mais conhecidos pela sigla BDR) na bolsa brasileira. Isso fez com que a quantidade de negócios aumentasse quase 800% entre setembro e dezembro, ao passar de 59 mil para 522 mil.

Naturalmente, o giro financeiro também aumentou, saltando de R$ 34 milhões em dezembro de 2019 para R$ 274 milhões em dezembro de 2020.

A procura pelos BDRs se explica pelo bom momento vivido pelas ações, em especial, dos Estados Unidos. As bolsas americanas encerraram o ano nas máximas, puxadas por papéis de tecnologia.

Leia mais:
O que são BDRs e quem pode investir em ações no exterior?
Retrospectiva: Dólar alto favoreceu BDRs; veja melhores fundos de ações em 2020

Como os BDRs replicam o desempenho das ações e levam em consideração o câmbio, esse tipo de investimento se tornou um bom negócio para o investidor brasileiro. 

Segundo levantamento da consultoria Economatica, oito dos 10 BDRs mais negociados em 2020 na B3 são norte-americanos. A montadora Tesla, de Elon Musk, lidera o ranking com média de R$ 10,2 milhões em operações por dia. Na sequência, aparece o argentino Mercado Livre, gigante do e-commerce, com R$ 8,4 milhões.

O pódio se completa com a big tech Apple, que girou R$ 7,4 milhões por dia em 2020. Em termos de valorização em reais, a Tesla (997%), o Mercado Livre (+277%) e a Nvidia Corp (+187%) tiveram os maiores altas do ano.

 

O relatório destaca ainda que as 20 empresas mais investidas tiveram rentabilidade positiva em reais. No caso do rendimento em dólares, o banco JP Morgan, último da lista, teve queda de 6,8% no período.

Dividendo pagos

Quem usou a liquidez como critério para decidir em qual BDR investir não teve sucesso. Os recibos do top 10 de rendimento não aparecem na lista de maiores dividend yield em 2020. 

A varejista americana Costco Wholesale Corp foi a que mais pagou dividendos, quase 5,9%. Altria, de tabaco, e Telefônica, de telecomunicações, foram a segunda e terceira colocadas na lista, cada uma pagando cerca de 5,7% aos investidores.

Vacina na mira dos investidores brasileiros

O estudo da Economatica também mostrou que os brasileiros estão de olho nas indústrias farmacêuticas e que desenvolvem vacinas contra a Covid-19.

Os BDRs da Johnson & Johnson e da Pfizer negociaram, cada uma, em média, R$ 1,6 milhão diariamente na B3. A valorização da J&J chegou à marca de 41% no ano, enquanto da Pfizer alcançou 32%. Em rentabilidade, juntas, superaram US$ 11 milhões no período.