Retrospectiva: Dólar alto favoreceu BDRs; veja melhores fundos de ações em 2020

Segundo levantamento feito pela Economatica, sete entre os dez melhores fundos de ações no ano são de BDR (Brazilian Depositary Receipts)

Juliana Faddul, colaboração para o CNN Brasil Business, em Sâo Paulo
24 de dezembro de 2020 às 05:00
Touro de Wall Street
Foto: Arte/CNN

O ano de 2020 está chegando ao fim. Além da pandemia, o noticiário econômico foi marcado pelo dólar. Só para lembrar, numa conta de padaria, no começo do ano o dólar estava a R$ 4,10, bateu R$ 5,90 em maio e agora está em torno de R$ 5,15. 

Essa oscilação reverberou no mercado de ações. Segundo levantamento feito pela consultoria Economatica, sete entre os dez fundos de ações com melhor desempenho no ano são de BDR (Brazilian Depositary Receipts), ou seja, certificados que representam ações de empresas listadas em bolsas de outros países.

Leia também:

Retrospectiva 2020: As ações que mais surpreenderam (e avançaram) no ano
Quer investir em BDRs? Confira sete dicas de ativos – de Facebook a Microsoft

1) Western Asset FIA Bdr Nivel I
2) BB Ações Esg Globais FICFIA - Bdr Nível I
3) Safra Consumo Americano Fc FIA Bdr Nivel
4) Warren Green FIA Bdr Nivel I
5) Ip Partici Ipg Fc FIA-Bdr Nivel I
6) Safra Arquimedes FIA Bdr Nivel I
7) Forpus Acoes Fc FIA
8) Constellation Inst Adv Fc FIA
9) Monetus FIA 
10) Tarpon Gt Fc FIA 

Fonte: Economatica

"O ranking é explicado pelo dólar, mais do que pelo efeito da própria ação. Claro que o desempenho da empresa também conta, mas como ele [o dólar] teve valorização frente ao real, esse tipo de ação teve uma performance muito boa", disse Claudia Yoshinaga, coordenadora do Centro de Estudos em Finanças da FGV-Eaesp.

Então, podemos dizer que a previsão é investir em fundos de BDRs para 2021? Não é bem assim. "Se tem uma coisa difícil de prever é o cambio. Hoje se espera que o dólar se enfraqueça", conclui.