Startup de veículos elétricos Rivian recebe investimento de US$ 2,65 bi

A nova avaliação da empresa da Califórnia com este último investimento é de US$ 27,6 bilhões

Ben Klayman e Paul Lienert, da Reuters
19 de janeiro de 2021 às 15:51
Rivian R1T
Rivian R1T: startup de carro elétrico quer alcançar a Tesla
Foto: Divulgação

A Rivian, startup de veículos elétricos apoiada pela Amazon e pela Ford, afirmou nesta terça-feira (19) que pretende iniciar a produção de uma picape elétrica e um SUV ainda neste ano, e anunciou uma rodada de investimentos de US$ 2,65 bilhões liderada pela T. Rowe Price.

A Rivian disse que captou US$ 8 bilhões desde o início de 2019. A nova avaliação da empresa da Califórnia com este último investimento é de US$ 27,6 bilhões, de acordo com uma pessoa familiarizada com as finanças de Rivian.

"Este é um ano crítico para nós, pois estamos lançando a R1T (picape), o R1S (SUV) e os veículos comerciais de entrega da Amazon", disse o presidente-executivo R.J. Scaringe em comunicado. "O apoio e a confiança de nossos investidores nos permitem manter o foco nesses lançamentos e, ao mesmo tempo, expandir nossos negócios para o próximo estágio de crescimento."

 A Rivian disse que as entregas de picapes começarão em junho, enquanto as de SUVs começarão em agosto. As edições de lançamento dos veículos custam de US$ 75 mil a US$ 77.500, respectivamente, com autonomia de 480 quilômetros para ambos.

A Amazon encomendou 100 mil vans elétricas da Rivian. Os primeiros veículos da Amazon entram em produção na fábrica da Rivian em Illinois no final de 2021, com todas as entregas a serem concluídas até 2024.

A rodada de financiamento também incluiu investimentos da Fidelity Management, do Climate Pledge Fund da Amazon, da Coatue e da D1 Capital Partners. Vários outros investidores existentes e novos também participaram.

Outros investidores anteriores na Rivian incluem o Soros Fund Management, a BlackRock e a distribuidora automotiva saudita Abdul Latif Jameel.