Governo dos EUA eleva salário mínimo de servidores, antecipando medida de pacote

Medida entra em vigor daqui a 100 dias e antecipa um ponto presente no pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão anunciado pelo presidente americano, Joe Biden

Por Eduardo Gayer, do Estadão Conteúdo
22 de janeiro de 2021 às 18:04
Dolar
Foto: Gary Cameron/Reuters

O governo dos Estados Unidos decidiu aumentar o salário mínimo de servidores federais de US$ 10,10 por hora para US$ 15 por hora, anunciou nesta sexta-feira, (22) o Diretor do Conselho Econômico da Casa Branca, Brian Deese, em coletiva de imprensa.

A medida entra em vigor daqui a 100 dias e antecipa um ponto presente no pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão anunciado pelo presidente americano, Joe Biden, na semana passada, aumentando a pressão sobre o Congresso para aprovação da pauta.

Para combater a crise econômica, o governo americano quer elevar o salário mínimo nacional, nesta sexta-feira, (22) em US$ 7,25 por hora, para mais que o dobro, aos mesmos US$ 15 por hora.

A elevação do salário mínimo de servidores federais não foi o único decreto assinado nesta sexta por Biden. O governo democrata ainda elevou em 15% os benefícios pagos em um programa de assistência à compra de alimentos voltado a famílias de baixa renda.

"E Biden vai assinar novas ordens executivas na próxima semana", acrescentou na coletiva a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki.

O Diretor do Conselho Econômico ainda anunciou novidade na concessão de auxílio-desemprego. A partir de agora, cidadãos que recusarem postos de trabalhos por comprovados riscos à saúde poderão continuar tendo acesso ao benefício.

"Também vamos criar um portal online para ajudar as pessoas identificarem para quais benefícios federais são elegíveis", acrescentou Deese.