Poupança tem o menor rendimento real em 18 anos; está na hora de mudar?

Com a inflação em alta e a manutenção da Selic, o dinheiro que restou na poupança acabou valendo menos do que aquele que foi investido no início

Do CNN Brasil Business, em São Paulo
26 de janeiro de 2021 às 07:00
Podcast O que eu faço
"O que eu faço?": CNN tem podcast para tirar dúvidas sobre investimentos em tempos de crise
Foto: Divulgação

A caderneta de poupança é um dos investimentos mais populares e queridos pelos brasileiros, justamente por ser simples de contratar e ter a remuneração conhecida desde o ínicio. Mas isso não significa que investir em poupança se resume a depositar o dinheiro e esperar que ele renda. Quem fez isso em 2020, teve uma surpresa bem desagradável. 

Com a inflação em alta e a manutenção da Selic, o dinheiro que restou na poupança acabou valendo menos do que aquele que foi investido no início.

Foi o pior rendimento real dos últimos 18 anos. Por isso, para não sair no prejuízo, é preciso mais do que simplesmente conhecer a taxa de remuneração. O investidor tem que entender como ela é estabelecida e como os movimentos da economia influenciam nas cadernetas. 

É isso que Fernando Nakagawa e Luciana Barreto explicam neste novo episódio do O que Eu Faço?, o podcast de finanças e investimentos da CNN Brasil.

Para isso, eles contam com a ajuda de Denis Rodrigues, especialista de Investimentos do Santander Brasil. Para completar, eles ainda revelam algumas curiosidades sobre as poupanças, como a utilidade que os bancos dão para os recursos investidos nelas.