Setor frigorífico protesta contra aumento do ICMS em São Paulo

Manifestantes saíram em carreta da Praça Charles Miller, na região central, em direção ao Palácio dos Bandeirantes

Da CNN, em São Paulo
27 de janeiro de 2021 às 10:58 | Atualizado 27 de janeiro de 2021 às 11:01


Representantes do setor frigorífico fizeram carreatas na manhã desta quarta-feira (27), em São Paulo, em protesto contra o aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre carnes.

Os manifestantes saíram da Praça Charles Miller, na região central, em direção ao Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual, localizado na Zona Sul.

Em 15 de janeiro, o governo de São Paulo revogou o aumento nas alíquotas do ICMS para os setores de insumos agropecuários, produção de alimentos e de medicamentos genéricos. No entanto, os representantes do setor de carnes dizem que alguns reajustes permanecem em vigor, como a alíquota de vendas para supermercados, que passou de 11% para 11,2%, e deve aumentar para 12% a partir de 1º de abril.

Entre as reivindicações também está a revogação do aumento da alíquota para comercialização entre frigoríficos e empresas que estão enquadradas no Simples Nacional, que passará de 7% para 13,3% em abril.

Carreatas com representantes do setor frigorífico vão às ruas de São Paulo

Carreatas com representantes do setor frigorífico em São Paulo
Foto: CNN Brasil (27.jan.2021)

(Publicado por Thâmara Kaoru)