Saiba como consultar o valor com reajuste da aposentadoria e da pensão do INSS

Segurado poderá verificar o novo valor do benefício previdenciário no extrato de pagamentos no site ou aplicativo Meu INSS

Thâmara Kaoru, do CNN Brasil Business, em São Paulo
04 de fevereiro de 2021 às 05:00
Fila no INSS
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Os aposentados e pensionistas do INSS começaram a receber o benefício com reajuste, mas quem ainda não teve o dinheiro depositado na conta ou não viu como ficou o valor depois do aumento pode entrar no site ou aplicativo Meu INSS para fazer a consulta.

Para o primeiro acesso, é preciso fazer um cadastro. Será necessário informar dados pessoais e responder questões relacionados ao histórico de trabalho, como em qual ano trabalhou em determinada empresa, quando foi a última vez que contribuiu ao INSS e faixa de salário, por exemplo. Quem já cadastrou uma senha precisa apenas informá-la ao entrar no site ou aplicativo.

O segurado poderá verificar o novo valor da aposentadoria ou da pensão no extrato de pagamento.

Veja como fazer a consulta

1) Entre no site Meu INSS ou aplicativo (disponível para Android e iOS). Se for o primeiro acesso, clique em “Cadastrar senha” e siga as instruções. Se já possui senha, clique em “Entrar”

Meu INSS
Foto: Reprodução/Meu INSS 

2) Informe o CPF e a senha cadastrada. Depois, vá em "Entrar"

INSS
Foto: Reprodução/Meu INSS

3) Na página inicial, escolha “Extrato de Pagamento”

 

INSS
Foto: Reprodução/Meu INSS

4) O sistema mostrará quanto o segurado irá receber e qual a data do depósito. Se quiser, é possível baixar o PDF ou clicar no valor para saber mais detalhes do pagamento e se houve descontos, como de Imposto de Renda ou empréstimo consignado, por exemplo.

Meu INSS
Foto: Reprodução/Meu INSS

Entenda o reajuste

Quem ganha acima do salário mínimo teve um aumento de 5,45%, igual ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado de 2020. Se começou a receber o benefício a partir de fevereiro do ano passado, o índice de reajuste vai variar conforme o mês de início da concessão. 

Os segurados que ganham um salário mínimo terão um aumento de 5,26%, seguindo o reajuste do piso nacional, que passou de R$ 1.045 para R$ 1.100 neste ano.

Datas dos pagamentos 

A data do pagamento depende do valor que o segurado recebe e qual é o final do número do benefício, sem considerar o dígito.

Quem ganha aposentadoria, pensão ou auxílio de até um salário mínimo, por exemplo, começou a receber os novos valores em 25 de janeiro. Os pagamentos seguem até sexta-feira (5).

Quem ganham mais do que o o salário mínimo começou a reajuste na última segunda-feira (1º), e os pagamentos também seguem até sexta-feira (5).

Veja os calendários

O número final do benefício não considera o dígito. Por exemplo, se o número é 123.456.789 - 0, desconsidere o 0 (dígito). O número final é 9. As datas também são separadas entre quem recebe até um salário mínimo e quem ganha mais do que isso.