Bitcoin bate novo recorde após Tesla anunciar que está investindo no criptoativo

A criptomoeda atingiu um novo recorde de US$ 44.868,98 nesta segunda-feira

Anneken Tappe, do CNN Business
08 de fevereiro de 2021 às 16:50 | Atualizado 09 de fevereiro de 2021 às 10:35
Foto: André François McKenzie/Unsplash


É um dia emocionante para quem é investidor de bitcoin e/ou da Tesla. A criptomoeda atingiu um novo recorde de US$ 44.868,98, depois que a fabricante de carros elétricos disse, em documentos regulatórios, que, em breve, aceitará a criptomoeda como forma de pagamento por seus veículos.

A Tesla também disse que investiu US$ 1,5 bilhão em bitcoin como parte de um esforço para investir o dinheiro da empresa em "ativos de reserva alternativos".

No ínicio da tarde, o bitcoin perdeu fôlego, mas ainda assim subia cerca de 14% para US$ 43.200. Enquanto isso, as ações da Tesla tinham valorização de quase 1,5%.

 

A bolsa, como um todo, também opera no azul, com os três principais índices do mercado americano subindo. O S&P 500, que conta com a Tesla em seu portfólio, subia 0,3% no início da tarde, enquanto o Dow tinha alta de 0,4%. Já o Nasdaq Composite avançava 0,5%. 

Esta não é a primeira vez que o fundador da Tesla empurra para cima os preços das criptomoedas. Elon Musk tuitou na semana passada sobre o Dogecoin, levando a moeda alternativa às alturas. No início da tarde, a Dogecoin — que nasceu como uma piada na internet — subia cerca de 13%, de acordo com a Coindesk.