Com retorno dos gastos em investimentos, XP lança marketplace com 20 marcas 

Segundo a XP, o retorno mensal para ser usado em investimentos pode chegar a 10% do valor total gasto com o cartão da empresa na plataforma

Abinoan Santiago, do CNN Brasil Business
08 de fevereiro de 2021 às 20:39
XP Inc (logo)
Foto: XP Inc / Reprodução

 

A XP Investimentos anunciou nesta segunda-feira (8) uma nova ofensiva em seu portfólio. A empresa comunicou o lançamento do Marketplace XP, uma plataforma de venda de diferentes produtos e serviços. As compras serão efetuadas somente por usuários do cartão XP e os gastos poderão se transformar em investimentos.

De acordo com o diretor de Tecnologia da XP, Thiago Maffra, o lançamento é mais uma etapa da empresa em buscar atender todo o ecossistema financeiro dos clientes, desde o pagamento, passando por investimentos, chegando agora nas compras.

A empresa diz que a plataforma já entra no mercado com pelo menos 20 marcas parceiras, tendo como base de usuários os clientes que usam o cartão XP.

 “Nossa base de clientes vai poder usufruir de benefícios diferenciados e, por outro lado, nossos parceiros terão acesso a clientes com grande potencial de consumo”, acredita Maffra.

Segundo a XP, o retorno mensal para ser usado em investimentos pode chegar a 10% do valor total gasto com o cartão da empresa na plataforma online de produtos. O acumulado vai diretamente para o Fundo Investback, podendo ser aplicado de acordo com o perfil de cada cliente. Também existirá a possibilidade resgatar a cifra.

As operações do marketplace serão concentradas no aplicativo da empresa de investimentos, explica o head de Produtos Digitais da XP, Bruno Guarnieri.

“Tudo está concentrado no App XP: no ambiente do cartão, o cliente encontrará as categorias parceiras que poderá acessar para fazer suas compras. Com isso, será possível compreender cada vez mais os desejos e necessidades dos clientes, aprimorando a experiência na plataforma”, aponta.

Ofensiva contra bancos

O lançamento da plataforma de marketplace é mais uma ofensiva da XP sobre os grandes bancos em menos de 12 meses, inclusive com a guerra aberta contra o seu principal acionista, o Itaú.

O cartão de crédito XP foi lançado no último trimestre de 2020, iniciando com mil funcionários e agentes autônomos. Além disso, a empresa espera expandir dentro da previdência privada, em fundos de menor liquidez, mas rendimento maior, pensando na aposentadoria dos clientes.