Preços do petróleo sobem pela 7ª sessão consecutiva

Petróleo Brent fechou em alta de US$ 0,53, ou 0,9%, a US$ 61,06 por barril. Já o petróleo dos EUA (WTI) avançou US$  0,39 ou 0,7%, para US$ 58,36 o barril

Por Laura Sanicola, da Reuters
09 de fevereiro de 2021 às 19:37
Leilão para oferta permanente de petróleo pode ser ainda em 2020
Foto: Reprodução/ Agência Brasil

Os preços do petróleo avançaram pela sétima sessão consecutiva nesta terça-feira (9) atingindo máximas de 13 meses, diante de apostas de investidores de que a demanda por combustíveis vai aumentar enquanto a Opep e produtores aliados reduzem a oferta da commodity.

O petróleo Brent fechou em alta de US$ 0,53, ou 0,9%, a US$ 61,06 por barril. Já o petróleo dos Estados Unidos (WTI) avançou US$  0,39 ou 0,7%, para US$ 58,36 o barril.

 

As máximas de ambas as referências na sessão foram também os maiores níveis desde janeiro de 2020.

"Com o Brent acima de US$ 60, tem sido ótimo psicologicamente... todo mundo está com um sentimento altista em relação ao aumento na demanda e a novas reduções nos estoques globais", disse John Kilduff, sócio da Again Capital em Nova York.

Os mercados engataram um rali desde novembro, com a distribuição de vacinas contra a Covid-19 em todo o mundo e à medida que governos e bancos centrais implementam grandes pacotes de estímulos para impulsionar a atividade econômica.