Salvador deixa de movimentar R$ 1,7 bilhão sem Carnaval

Por causa da pandemia, ausência de festa impactará ao menos 60 mil trabalhadores na capital baiana

Da CNN, em São Paulo
09 de fevereiro de 2021 às 10:36 | Atualizado 09 de fevereiro de 2021 às 10:37


Responsável por uma das maiores festas de Carnaval do país, Salvador (BA) deve perder quase R$ 2 bilhões por não receber a visita de cerca de 630 mil turistas nos dias que tradicionalmente seriam de folia.

Um estudo feito pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia revelou que, sem a realização do Carnaval neste ano, pelo menos R$ 1,7 bilhão não serão movimentados na capital baiana, montante referente apenas aos gastos de visitantes. Isso vai impactar diretamente trabalhadores e empresas cuja receita está atrelada à festa tradicional.

É o caso de pessoas que trabalham nos setores de turismo, bares e restaurantes, além de ambulantes e responsáveis por confecção de abadás, por exemplo. Ao menos 60 mil trabalhadores devem ficar sem renda proveniente do Carnaval, estima a Superintendência.

Em 2021, tradicional Carnaval de Salvador não será realizado por causa da pandemia (18.nov.2020)
Foto: CNN Brasil