Foxconn, fornecedora da Apple, projeta um carro elétrico com a startup Fisker

As duas empresas divulgaram poucos detalhes além de um vago esboço do projeto do carro; veja

Peter Valdés-Dapena, do CNN Business
25 de fevereiro de 2021 às 15:13
Venda de carros elétricos no Brasil cresce 60% em 2020 (28.nov.2020)
Venda de carros elétricos no Brasil cresce 60% em 2020 (28.nov.2020)
Foto: Reprodução/CNN

 

A Foxconn, empresa de fabricação de eletrônicos com sede em Taiwan mais conhecida por montar o iPhone da Apple, está trabalhando em um acordo com a empresa californiana de carros elétricos Fisker para desenvolver um veículo elétrico, anunciaram as empresas na quarta-feira.

A Fisker Inc. abriu o capital no ano passado por meio de uma fusão da SPAC com a Spartan Energy Acquisition. Fundada pelo designer de automóveis Henrik Fisker, a empresa já possui um acordo com a Magna, empresa de terceirização de automóveis.

 

Espera-se que a Magna comece a construir o SUV elétrico Fisker Ocean até o final de 2022. O Ocean é baseado na engenharia desenvolvida pela Magna, mas modificada pela Fisker.

A Fisker agora está trabalhando em um acordo semelhante com a Foxconn. As empresas anunciaram um memorando de entendimento e não revelaram quaisquer termos financeiros do potencial negócio.
O veículo Fisker e Foxconn seria o segundo modelo de Fisker depois do Ocean.

As duas empresas divulgaram poucos detalhes além de um vago esboço do projeto do carro. Fisker e Foxconn não anunciaram um preço-alvo para o veículo em que pretendem trabalhar.

Fisker e Foxconn divulgaram esboço de veículo elétrico
Fisker e Foxconn divulgaram esboço de veículo elétrico
Foto: Fisker / Divulgação

 

"Não muito diferente de quando Isaac Newton percebeu o poder da gravidade, a inspiração para este projeto veio de algumas fontes não convencionais", disse Fisker no comunicado. "O esboço do design aponta para a direção que estamos tomando. Porém, com o nível de inovação planejado para este veículo, pretendo manter o design final uma surpresa até o último momento possível!"

Com rodas grandes e uma carroceria parecida com a de um carro esportivo, o esboço se assemelha mais aos SUVs em forma de coupé feitos por várias montadoras de luxo, como BMW e Mercedes-Benz.
As empresas planejam produzir mais de 250 mil veículos por ano, de acordo com Fisker, com produção prevista para começar no final de 2023.

O presidente do Foxconn Technology Group, Young-way Liu, elogiou a experiência da empresa em motores elétricos, módulos de controle e baterias em um comunicado anunciando o acordo.

"A colaboração entre nossas empresas significa que levará apenas 24 meses para produzir o próximo veículo Fisker - da pesquisa e desenvolvimento à produção, reduzindo a metade do tempo tradicional necessário para trazer um novo veículo ao mercado", disse Young-way Liu na declaração.

No início de 2020, a Foxconn disse que estava pensando em fazer veículos elétricos com a Fiat Chrysler Automobiles. Mais tarde, a FCA se fundiu com a PSA da França para criar a Stellantis. A Foxconn não respondeu imediatamente a um pedido de atualizações sobre esses planos. Nick Cappa, porta-voz do Stellantis nos Estados Unidos, disse não ter atualizações sobre essas discussões.

Em janeiro, a Foxconn anunciou um acordo com a Geely, a empresa-mãe chinesa da Volvo e da Lotus, para desenvolver e produzir veículos para outras montadoras.

Henrik Fisker, o fundador da Fisker Inc., já foi designer da Aston Martin e BMW. Ele também projetou o Fisker Karma para sua empresa de automóveis anterior, Fisker Automotive, que entrou com pedido de proteção contra falência em 2013 e seus ativos foram eventualmente vendidos.

Até o momento, a Fisker tem 12.000 reservas pré-pagas para o Fisker Ocean SUV a um custo de US$ 250 cada. Uma vez em produção, o SUV será vendido por um preço inicial de US$ 37.500 sem incentivos fiscais. 

(Texto traduzido. Clique aqui para ler o original)