Auxílio emergencial: confira o calendário da nova rodada de pagamentos

O primeiro pagamento da nova rodada do auxílio ocorrerá na terça-feira (6)

Thâmara Kaoru e Natália Flach, do CNN Brasil Business, em São Paulo
31 de março de 2021 às 12:25 | Atualizado 31 de março de 2021 às 17:53
Auxílio emergencial
Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O governo anunciou nesta quarta-feira (31) a nova rodada de pagamento do auxílio emergencial. Ao todo, serão pagas quatro parcelas de R$ 250, com duas exceções: mulheres chefes de família receberão R$ 375 e famílias compostas por uma única pessoa, R$ 150.

Assim como no ano passado, primeiro o dinheiro será depositado em conta poupança digital e só depois liberado para saques. As datas variam conforme o mês de aniversário do beneficiário.

Os depósitos da primeira parcela do auxílio emergencial 2021, por exemplo, começam no dia 6 de abril para aniversariantes de janeiro. Nesse primeiro momento, o dinheiro poderá ser usado para pagamento de contas, boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual ou QR Code. O saque, nesse caso, é liberado a partir de 4 de maio.

Já os nacidos em fevereiro receberão em 9 de abril, enquanto os nascidos em março, em 11 de abril. Quem nasceu em abril vai receber em 13 de abril.

Por sua vez, os nascidos em maio vão receber o auxílio emergencial em 15 de abril, enquanto os nascidos em junho poderão contar com o dinheiro em 18 de abril. Quem nasceu em julho poderá ter acesso aos recursos no dia 20 de abril e quem nasceu em agosto poderá contar com a parcela em 22 de abril.

Os nascidos em setembro poderão usar o dinheiro depositado na conta digital a partir de 25 de abril, enquanto os nascidos em outubro terão a possibilidade de usar os recursos em 27 de abril. Por fim, quem nasceu em novembro receberá em 29 de abril e quem nasceu em dezembro poderá utilizar os recusos em 30 de abril.

Cronograma completo das parcelas do auxílio:

Ciclo 1

Ciclo 2

 Ciclo 3

Ciclo 4

Bolsa Família

O calendário dos beneficiários do Bolsa Família que vão receber o auxílio emergencial tem outras datas. É que, diferentemente dos demais, o critério estabelecido é o final do NIS, não o mês de aniversário. Confira o cronograma: