Com retomada do auxílio emergencial, Caixa volta a reforçar atendimento

Serão 7.704 novos funcionários entre seguranças, atendentes, recepcionistas e estagiários

Anna Russi, do CNN Brasil Business, em Brasília
31 de março de 2021 às 16:35
Aplicativo para receber o auxílio emergencial
Aplicativo para receber o auxílio emergencial
Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil (07.abr.2020)

 

Com o início do pagamento do auxílio emergencial na próxima semana, a Caixa Econômica Federal vai reforçar a sua rede de atendimento. Serão 7.704 novos funcionários entre seguranças, atendentes, recepcionistas e estagiários. 

“Essas pessoas vão nos ajudar a orientar as filas de maneira mais eficiente. São mais de 2.000 [pessoas] focadas na parte de segurança, de atendimento ao cliente e organização das filas”, destacou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães. 

Mas, diferentemente do ano passado, não haverá, a princípio, saque do benefício aos sábados. Continua, no entanto, a estratégia de liberar o recurso na poupança digital e depois de umas semanas permitir o saque. 

Segundo Guimarães, esse cronograma evita aglomerações e acabou por ampliar a digitalização  financeira dos brasileiros. 

“Temos hoje uma utilização da ordem de 75% do Caixa Tem. Com essas semanas de intervalo (entre o depósito e a liberação do saque), as pessoas acabam consumindo, via pagamento de contas, boletos e compras na internet. E, assim, as pessoas acabam nem indo às agências. Percebemos isso ao longo de 2020”, completou. 

De acordo com a Caixa, quem quiser verificar se terá acesso ao benefício  poderá fazê-lo a partir do dia 2 de abril pelo site www.auxilio.caixa.gov.br ou entrando em contato com a  central 111.

Como já anunciado pelo governo federal, o valor médio do benefício será de R$ 250, no entanto, variando de R$ 150 a R$ 375, a depender do perfil do beneficiário e da composição de cada família. Mães solteiras, por exemplo, receberão o teto de R$ 375 por mês. Já beneficiários solteiros e sem filhos vão receber R$ 150.

Com o início do pagamento na próxima terça-feira (6), a primeira parcela da nova rodada do auxílio emergencial vai até 30 de abril. De acordo com o calendário da CEF, o benefício será liberado por mês de nascimento a cada dois dias. No dia 6, recebem aqueles nascidos em janeiro, já no dia 30 o recurso é pago para os nascidos em dezembro.

Para os beneficiários do Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril, de acordo com os números do NIS.  “Percebemos que cerca de 25% dos beneficiários do Bolsa Família usam também o CaixaTem para sacar. De fato, já conseguimos que parte relevante dos beneficiários do programa utilizem a alternativa digital, que ajuda em especial porque muitos não moram em cidades onde têm uma agência”, observou Guimarães. 

No ano passado, a primeira etapa do pagamento do auxílio foi em abril. Segundo o banco, em 10 meses foram pagos R$ 294 bilhões para 67,9 milhões de beneficiários.