Trump cai quase 300 posições em ranking de bilionários da Forbes

Desde que assumiu a Casa Branca até deixar o cargo, sua fortuna encolheu quase um terço, segundo a revista

Tamires Vitorio, do CNN Brasil Business, em São Paulo
06 de abril de 2021 às 17:32
Donald Trump
Foto: Carlos Barria/Reuters (13.nov.2020)

Antes de ser presidente dos Estados Unidos, Donald Trump já era um empresário famoso. Considerado um "magnata dos negócios americanos", ele é o fundador da companhia Trump Entertainment Resorts, responsável pela operação de diversos cassinos e hotéis no mundo todo.

Sua fama e fortuna aumentou ainda mais quando, em 2003, ele se tornou o produtor executivo e apresentador do reality show "O Aprendiz" (The Apprentice, em inglês). Dali para frente, o sucesso foi estrondoso. Foi. Até 2020.

No ano passado, em menos de um mês, o patrimônio líquido de Trump havia despencado US$ 1 bilhão, segundo a revista Forbes.

No dia 1º de março de 2020, a fortuna estimada do republicano era de US$ 3,1 bilhões. Com a pandemia do novo coronavírus e os escândalos que cercaram o então candidato à reeleição nos EUA, o valor foi encolhendo, até chegar à casa dos US$ 2,1 bilhões em 7 de abril, deixando o bilionário na 1.001ª posição no ranking de mais ricos do mundo. Em 2019, ele ocupava o 715º lugar. 

Os resultados negativos de Trump em 2020 parecem ter se arrastado para 2021. No ranking da Forbes deste ano, o ex-presidente caiu ainda mais, indo para a 1.299ª posição, mas com uma fortuna um pouco maior do que a de abril passado (US$ 2,4 bilhões). 

Segundo a Forbes, desde que Trump assumiu a Casa Branca, em janeiro de 2017, até deixar o cargo, alguns meses atrás, sua fortuna encolheu quase um terço --passou de US$ 3,5 bilhões para US$ 2,4 bilhões.