Dasa levanta R$ 3,3 bilhões em oferta de ações, preço abaixo da faixa indicativa

O preço ficou abaixo da faixa indicativa estimada para o follow on entre R$ 64,90 e R$ 84,50 por ação

Paula Arend Laier e Tatiana Bautzer, da Reuters
07 de abril de 2021 às 12:06
Dasa
Escritório da empresa do setor de saúde Diagnósticos da América SA, abreviada como Dasa
Foto: Dasa S.A./Reprodução

 A Diagnósticos da América levantou R$ 3,3 bilhões  em oferta de ações subsequente precificada a R$ 58  por papel na véspera, de acordo com fato relevante do grupo de medicina diagnóstica nesta quarta-feira (7), à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A Reuters noticiou na véspera, citando fontes, o preço definido para a oferta com esforços restritos.

O preço ficou abaixo da faixa indicativa estimada para o follow on entre R$ 64,90 e R$ 84,50 por ação. Também representa um forte desconto em relação à cotação de fechamento do papel na véspera, de R$ 144,01. A operação era considerada um re-IPO dada a baixa liquidez das ações.

A oferta consistiu na distribuição primária de 57.010.786 ações. Não foram exercidos o lote adicional de ações, de 20%, tampoucou a distribuição secundária de 2.081.636 papéis.

Bradesco BBI, BTG Pactual, Bank of America, Credit Suisse, Morgan Stanley, Safra, Santander Brasil e Itaú BBA foram os coordenadores.