Elon Musk, 2º mais rico do mundo, ganhou mais de US$ 4.000 por segundo em um ano

A fortuna de Musk saltou de US$ 24,6 bilhões para US$ 151 bilhões --US$ 126,4 bilhões a mais em um ano

Tamires Vitorio, do CNN Brasil Business, em São Paulo
07 de abril de 2021 às 16:11 | Atualizado 07 de abril de 2021 às 16:12
Elon Musk
Foto: Hannibal Hanschke / Reuters

O bilionário e fundador de empresas como a Tesla e a SpaceX, Elon Musk, faturou um pouco mais de US$ 4.000 por segundo no último ano.

A fortuna de Musk saltou de US$ 24,6 bilhões para US$ 151 bilhões --US$ 126,4 bilhões a mais em um ano, o que corresponde a cerca de US$ 4.008 ganhos a cada segundo. Com isso, o empresário passou da 31ª posição no ranking de bilionários da Forbes, em 2020, para a 2ª posição, neste ano.

Se os US$ 4.008 por segundo de Elon Musk forem convertidos em reais, na cotação atual, o valor daria algo em torno de R$ 22.576. 

Segundo a revista americana, os bons resultados financeiros do bilionário se devem, principalmente, ao aumento de 705% nas ações da fabricante de carros elétricos Tesla, da qual Musk é o fundador e "tecnorei". 

O seleto clube dos bilionários

Enquanto muitos perderam seus empregos e têm dificuldade para manter as contas em dia, a riqueza dos maiores bilionários do mundo aumentou em cerca de US$ 5 trilhões, de acordo com a Forbes. 

Não só isso: 660 pessoas entraram para a seleta lista de mais ricos do mundo no ano. Mas, se contar apenas o período da pandemia, a partir de março de 2020, foram 493 novatos — ou seja, quase um novo bilionário a cada 17 horas nos últimos 12 meses.

Com isso, o ranking da Forbes agora conta com 2.755 bilionários, cuja fortuna somada ultrapassa a casa dos US$ 13,1 trilhões, bem maior do que os US$ 8 trilhões do ano passado.