Postos do Poupatempo reabrem neste sábado para atendimento presencial em SP

Para ser atendido, é necessário precisará realizar agendamento pela internet; agências terão horário de funcionamento diferenciado

Washington Luiz, colaboração para o CNN Brasil Business
23 de abril de 2021 às 11:26 | Atualizado 24 de abril de 2021 às 09:58
SP retomará atendimento presencial em unidades do Poupatempo em 19 de agosto
São Paulo retomará atendimento presencial em unidades do Poupatempo
Foto: Divulgação/ Diogo Moreira -25.mai.2017/ A2img

Depois de quase dois meses fechadas, as unidades do Poupatempo reabrem neste sábado (24) para atendimentos presenciais. A medida faz parte das iniciativas da fase de transição do Plano São Paulo. 

Para ser atendido, será preciso realizar um agendamento prévio por meio do portal do Poupatempo ou pelo aplicativo Poupatempo Digital. 

Os postos vão oferecer serviços que não estão disponíveis nas plataformas digitais, como emissão de RG, transferência interestadual e mudança na característica de veículos, por exemplo.

Até 30 de abril, o horário de funcionamento será de segunda a sexta-feira, das 11h até o fechamento de cada unidade, às 17h ou 19h, dependendo da cidade. Neste sábado, o atendimento será das 11h às 13h, em todos os postos do Estado.

Demais serviços, como renovação e segunda via de CNH (Carteira Nacional de Habilitação), licenciamento e transferência de veículos, consulta de IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), atestado de antecedentes criminais, carteira de trabalho e seguro-desemprego, entre outros, continuam disponíveis pela internet.  

“É importante lembrar que, neste momento, o RG não possui validade e que o prazo para a renovação da CNH está temporariamente suspenso devido à pandemia. Por isso, o Poupatempo recomenda ao cidadão que avalie a necessidade antes de agendar seu horário e permita que o atendimento seja direcionado a quem depende do serviço para ter acesso a programas sociais ou assistência hospitalar, por exemplo”, diz Murilo Macedo, diretor da Prodesp, empresa de tecnologia do governo de São Paulo que administra o Poupatempo. 

Além do atendimento limitado a 25% da capacidade, as unidades deverão seguir todos os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19, como obrigatoriedade do uso de máscaras, medição de temperatura, higienização das mãos com álcool em gel e dos calçados com tapete sanitizante.