Google Drive e Fotos: arquivos que estiverem acima do limite podem ser apagados

Google afirma que, a partir de 1º de junho de 2021, quem ultrapassar o limite de armazenamento gratuito pode ter dados excluídos

Tamires Vitorio, do CNN Brasil Business, em São Paulo
14 de maio de 2021 às 04:30
Página de busca no Google
Foto: Divulgação / Unsplash

O Google informou a alguns usuários, por email, que irá apagar itens mais antigos armazenados no Drive e no Google Fotos para liberar espaço de quem está acima do limite gratuito.

Na mensagem, o Google afirma que, a partir do dia 1º de junho de 2021, quem ultrapassar o limite de armazenamento gratuito pode ter os dados excluídos, bem como quem estiver inativo há mais de 24 meses.

A mensagem faz parte de uma mudança nas diretrizes do Google que alterou o armazenamento gratuito de alguns de seus produtos, como o Google Fotos --que, a partir de junho, perderá a função de backup gratuito. 

Até o fim do maio, os usuários podem baixar seus vídeos e fotos — mas o jogo muda no dia 1º, quando todos os arquivos que excederem os 15 GB gratuitos não serão mais armazenados, a não ser que sejam pagos.