China afirma que vai equilibrar o mercado de commodities

O país irá acelerar os ajustes do comércio e acúmulo de estoques de commodities

da Reuters
19 de maio de 2021 às 09:34 | Atualizado 19 de maio de 2021 às 09:55
China
Foto: Thomas Peter/Reuters

A China vai fortalecer o gerenciamento tanto do lado da oferta quanto da demanda para conter aumentos "excessivos" nos preços de commodities, e impedir o repasse ao consumidor, disse o gabinete nesta quarta-feira (19).

O país irá acelerar os ajustes do comércio e acúmulo de estoques de commodities, e reforçar as inspeções tanto no mercado à vista quanto futuro, de acordo com reunião presidida pelo primeiro-ministro, Li Keqiang.