Gasto com assistência social subiu mais de 300% em 2020; total foi de R$ 423 bi

Comparando com o valor gasto em 2010, quando começa a série histórica, o crescimento foi de 986%

Anna Russi, do CNN Business
10 de junho de 2021 às 12:52
Aplicativo para receber o auxílio emergencial
Aplicativo para receber o auxílio emergencial
Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil (07.abr.2020)

Com o fechamento do comércio e as medidas de restrição em detrimento da pandemia, a atenção do governo com programas de assistência social aumentou. De acordo com relatório do Tesouro Nacional divulgado nesta quinta-feira (10), as despesas com assistência social saltaram de R$ 96,0 bilhões, em 2019, para R$ 423,6 bilhões em 2020.

 A alta equivale a 341% em um ano. Comparando com o valor gasto em 2010, quando começa a série histórica do documento, o crescimento foi de 986%. 

De acordo com a pasta, dos R$ 423,6 bilhões gastos com assistência, R$ 340,1 bilhões correspondem a valores relacionados ao combate à pandemia. Sozinho, por exemplo, o auxílio emergencial custou R$ 293,1 bilhões aos cofres públicos no ano passado.