'Mídias sociais foram transformadas em armas', diz presidente da Microsoft à CNN

“Podemos ter opiniões diferentes, mas a sociedade precisa se expor a um conjunto de fatos sobre o que está acontecendo no mundo”, afirma Brad Smith

Raquel Landim
Por Raquel Landim, CNN  
13 de junho de 2021 às 20:40 | Atualizado 14 de junho de 2021 às 07:13

O presidente mundial da Microsoft, Brad Smith, afirmou à CNN Brasil que as “mídias sociais” foram transformadas em “armas” por “governos estrangeiros, organizações criminosas e agentes nacionais”.

Assista acima à entrevista completa.

Ele defende que as empresas de tecnologia e os governos precisam se unir para “proteger o processo eleitoral” e outros valores importantes para a sociedade.

“O jornalismo tradicional é a vacina que precisamos para a desinformação”, disse Smith. “Podemos ter opiniões diferentes, mas a sociedade precisa se expor a um conjunto de fatos sobre o que está acontecendo no mundo”.

O executivo afirma que isso já vem sendo feito quando as empresas colocam salvaguardas contra “fake news”, especialmente em informações relativas à pandemia da Covid-19. Mas, ressalta, é preciso ir além.

Smith também afirma que o setor de tecnologia precisa de mais regulação. “Os anos 2000 serão para a tecnologia o que os anos 1930 foram para os bancos durante a Grande Depressão”, disse. “Se for feito direito, vai permitir que a tecnologia continue prosperando”.