A 50 km de SP, aeroporto de jatos executivos poderá receber voo internacional

Aeroporto Catarina é localizado na cidade de São Roque

Wesley Santana , colaboração para o CNN Brasil Business
22 de junho de 2021 às 19:27 | Atualizado 23 de junho de 2021 às 19:50
Jato executivo
Jato executivo
Foto: LEONELLO CALVETTI/SCIENCE PHOTO LIBRARY / Getty Images

 

O Aeroporto Catarina deve receber, na próxima quinta-feira (24), autorização para voos internacionais. Localizado a 30 minutos do centro de São Paulo, ele é um espaço privado, usado especialmente para voos e decolagens de jatos executivos.

Sem dar muitos detalhes, a JHSF, que controla o espaço, confirmou a permissão que deve ser concedida pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Nesse caso, o aeroporto deve se juntar ao seleto grupo autorizado a receber voos de outros países.

 

O projeto do Catarina tem mais de 5,2 milhões de m² de área construída, sendo 16.200 m² dedicados aos hangares. A previsão é que o espaço receba até 200 mil voos e decolagens por ano.

Em fevereiro, a controladora apresentou os resultados financeiros de 2020, mostrando um crescimento de receita em relação ao ano passado. Só no Aeroporto Catarina, inaugurado em 2019, o avanço foi superior a 80%, saltando para R$ 3,1 milhões.